Estrutura

Trabalhar juntos para deixar às nossas crianças um mundo mais sustentável.

Estrutura e Governação

Especialistas do oceano que se distinguiram pelo seu trabalho na conservação do mesmo; académicos de renome; personalidades conhecedoras das Nações Unidas, da Comissão Europeia e das suas agendas e outros ligados a organizações não governamentais (ONGs).

Conselho de Curadores

O Conselho de Curadores é responsável pelo plano estratégico da Fundação.

José Soares dos Santos (Presidente)
Princess Laurentien van Oranje-Nassau
Jane Lubchenco
Kristian Parker
Nuno Vieira Matias
Julie Packard (Consultora Especial)
Viriato Soromenho-Marques (Consultor Especial)

José Soares dos Santos (presidente)

Licenciado em Biologia Marinha pela Universidade Clássica de Lisboa em 1986. CEO da Sociedade Francisco Manuel dos Santos B.V., principal acionista da Jerónimo Martins, desde 2001. Membro do Conselho de Administração da Sociedade Francisco Manuel dos Santos SGPS SE. É membro do Conselho de Administração da Fundação Francisco Manuel dos Santos desde 2009. Presidente da Unilever Jerónimo Martins, Lda.; presidente da Gallo Worldwide, Lda.; e presidente da Jerónimo Martins – Distribuição de Produtos de Consumo, Lda. É presidente do Oceanário de Lisboa S.A. desde setembro de 2015.

Princesa Laurentien van Oranje-Nassau

Presidente da Fauna & Flora International, trabalha na área da sustentabilidade e mudanças climáticas há mais de uma década. Foi conselheira especial do WWF e atualmente é conselheira especial da associação “Rewilding Europe” e membro da European Climate Foundation. Estabeleceu a Missing Chapter Foundation, cuja missão é promover a emancipação dos jovens e o diálogo intergeracional entre as crianças e os decisores económicos. É especialista em literacia através da Reading & Writing Foundation, entidade que fundou enquanto enviada especial da UNESCO para a Alfabetização para o Desenvolvimento. É autora de vários livros infantis, incluindo a série Mr. Finney sobre temas ambientais, que foram traduzidos em oito línguas. Com o seu marido, criou e gere um centro de inovação em Haia designado “Number 5”. A Princesa Laurentien possui ainda uma série de cargos honorários em organizações ligadas à língua e à cultura, incluindo o de presidente da European Cultural Foundation.

Jane Lubchenco

Ex-administradora da NOAA; ilustre professora universitária e conselheira em Ciências do Mar, ex-enviada científica dos EUA para os oceanos. Cientista ambiental reconhecida internacionalmente e com uma profunda experiência científica, académica e governativa. Nomeada pelo presidente Obama em dezembro de 2008 como parte da “Science Dream Team”, Lubchenco é uma ecologista marinha e cientista ambiental com expertise na temática dos oceanos, das alterações climáticas e nas interações entre o meio ambiente e o bem-estar humano.

Kristian Parker

Vice-Presidente do Conselho de Curadores da Oak Foundation e membro da família fundadora desta organização. Dirigiu o programa ambiental da Oak Foundation desde a sua criação, em 1998, e trabalha para este projeto desde 2003.
O programa ambiental da Oak Foundation dedica grande parte dos seus meios a dois dos maiores desafios do mundo: as mudanças climáticas e o colapso dos recursos pesqueiros. Kristian é também membro do conselho fundador da OceansFive e membro do Conselho de Administração da Oceana e da ClimateWorks.

Nuno Vieira Matias

Foi chefe do Estado-Maior da Armada entre 1997 e 2002. Foi também superintendente dos Serviços de Material, Comandante Naval e comandante-chefe da Área Ibero-Atlântica. Foi membro da Comissão Estratégica dos Oceanos e presidente da Academia de Marinha. Atualmente é vice-presidente da direção da Sociedade de Geografia de Lisboa, membro da Academia das Ciências de Lisboa, membro emérito da Academia Portuguesa de História, membro do Conselho Nacional de Educação e ainda membro do European Security Research Advisory Board da União Europeia. O almirante Vieira Matias é professor convidado no Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica Portuguesa e autor de diversos trabalhos e artigos sobre estratégia marítima, segurança nacional e economia do mar.

Julie Packard (Consultora Especial)

Diretora executiva do Aquário de Monterey, curadora da David and Lucile Packard Foundation e presidente do Conselho de Administração do Monterey Bay Aquarium Research Institute (MBARI), líder mundial em ciência e tecnologia sobre o fundo dos oceanos. Membro da Pew Oceans Comission e membro da Joint Oceans Commission Initiative.

Viriato Soromenho-Marques (Consultor Especial)

Ensina filosofia nos Departamentos de Filosofia e Estudos Europeus da Universidade de Lisboa onde é professor catedrático. É membro correspondente da Academia de Ciências de Lisboa e da Academia de Marinha. Foi coordenador científico do Programa Gulbenkian Ambiente (2007-2011). Autor de inúmeros trabalhos publicados sobre Filosofia, Meio Ambiente e Relações Internacionais.

Conselho de Administração

O Conselho de Administração é responsável pela gestão da Fundação e pela implementação de guidelines estratégicas.

José Soares dos Santos (Presidente)
Tiago Pitta e Cunha
Emanuel Gonçalves
R. Andreas Kraemer
João Falcato Pereira
Heather Koldewey (Consultora Especial)
Peter Heffernan (Consultor Especial)

José Soares dos Santos (Presidente)

Licenciado em Biologia Marinha pela Universidade Clássica de Lisboa em 1986. CEO da Sociedade Francisco Manuel dos Santos B.V., principal acionista da Jerónimo Martins, desde 2001. Membro do Conselho de Administração da Sociedade Francisco Manuel dos Santos SGPS SE. É membro do Conselho de Administração da Fundação Francisco Manuel dos Santos desde 2009. Presidente da Unilever Jerónimo Martins, Lda.; presidente da Gallo Worldwide, Lda.; e presidente da Jerónimo Martins – Distribuição de Produtos de Consumo, Lda. É presidente do Oceanário de Lisboa S.A. desde setembro de 2015.

Tiago Pitta e Cunha (CEO)

Tem dedicado os últimos 19 anos de trabalho à área das políticas oceânicas enquanto legislador nas Nações Unidas, no Governo de Portugal e na Comissão Europeia, trabalhando igualmente como consultor independente. Defensor da importância estratégica dos assuntos marítimos tanto para Portugal como para a Europa, em Lisboa e em Bruxelas, é diretor executivo da Fundação Oceano Azul e membro do Conselho Geral da Universidade de Lisboa, tendo sido conselheiro do Presidente da República para assuntos de Ambiente, Ciência e Mar.

Emanuel Gonçalves (Comissão Executiva)

Professor associado no ISPA – Instituto Universitário e vice-presidente do MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente. Tem estado envolvido na criação, monitorização e implementação de Zonas Marinhas Protegidas em diversas regiões, incluindo negociações sobre o alto mar. Foi chefe-adjunto do grupo de trabalho português para Assuntos Marítimos, que elaborou a Estratégia Nacional para o Mar, e coordenador do grupo da União Europeia que liderou as negociações de aprovação dos Critérios Científicos CBD para identificar áreas marinhas ecológica ou biologicamente significativas (EBSAs). Emanuel Gonçalves é ainda membro do Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável.

R. Andreas Kraemer

Fundador do Instituto Ecológico, é atualmente investigador sénior do Instituto de Estudos Avançados de Sustentabilidade (IASS Potsdam) e do Centro de Inovação em Governação Internacional (CIGI), no Canadá. Diretor não executivo da Fundação Oceano Azul, professor assistente convidado de Ciência Política e professor-adjunto de Estudos Alemães na Duke University. Em 2015, foi Visiting Scholar no MIT. A sua investigação foca-se no papel e na função teórica e prática dos institutos de pesquisa ou dos “think tanks” em diferentes sistemas políticos, nas interações entre os domínios políticos e nas relações internacionais, tal como na governação global no ambiente, nos recursos, no clima e na energia.

João Falcato Pereira (Comissão Executiva)

Diretor do Oceanário de Lisboa, S.A. desde 2006, tem uma licenciatura em Ciências do Meio Aquático pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar e uma pós-graduação em Gestão Avançada pela Universidade Católica Portuguesa. Foi gestor da Telecabine de Lisboa, Lda. (2007-2012), administrador da Fundação do Gil (2012-2015) e membro do Conselho Diretivo do Fórum Empresarial da Economia do Mar (2010-2016). É também membro do Conselho Diretivo da Associação Portuguesa de Zoos e Aquários e administrador da SIEOCEAN. Desde 2013 é membro do Comité Executivo da EAZA (Associação Europeia de Zoos e Aquários), e desde 2014 Presidente da EUAC (União Europeia de Conservadores de Aquários).

Heather Koldewey (Consultora Especial)

Diretora dos programas de conservação de água doce e marinha da Zoological Society of London, Heather Koldewey procura soluções através da investigação interdisciplinar e ações de conservação na interface entre as comunidades e o ambiente. Cofundadora do Projeto Seahorse, principal autoridade mundial em cavalos-marinhos, foi também responsável pela Net-Works, uma iniciativa que visa capacitar populações costeiras nos países em desenvolvimento para recolha, venda e transformação de redes de pesca em carpetes. Koldewey criou ainda o Project Ocean, uma parceria inovadora entre a cadeia de lojas Selfridges e a Zoological Society of London para levar o tema da conservação dos oceanos a novos públicos e contribuir para mudar os hábitos de consumo. Professora Associada Honorária na Universidade de Exeter, no campus de Corwall.

Peter Heffernan (Consultor Especial)

É presidente executivo do Instituto Marinho desde 1993, a agência nacional irlandesa de investigação e desenvolvimento que, desde então, ampliou os seus recursos humanos de um para mais de 200 funcionários e viu crescer o seu orçamento para 50 milhões de euros. O instituto abrange uma série de áreas, Ambiente Marinho e Serviços de Saúde, Serviços de Ciências da Pesca, Serviços de Ciências Oceanográficas, Serviços de Gestão de Aquacultura e Cataratas, Gabinete de Desenvolvimento Marítimo Irlandês, Serviços de Planeamento e Desenvolvimento Estratégico e Serviços Corporativos. Doutorado em Ciências Marinhas pela Universidade Nacional da Irlanda (NUI Galway), Peter Heffernan trabalhou na Universidade da Geórgia nos Estados Unidos (1985 -92). Foi eleito membro da Academia Real Irlandesa (MRIA) em novembro de 2006 e dois anos mais tarde recebeu o prémio Alumni da NUI Galway em Ciências Naturais. Peter Heffernan foi nomeado para o Conselho Europeu da Área de Investigação e Inovação e posteriormente constituído especialista em Investigação, Inovação e Políticas Científicas pela comissária Marie Geoghegan Quinn.

Comissão Executiva

A Comissão Executiva é responsável pela tomada de decisões da Comissão de Administração e tem o apoio dos gerentes do programa.

Tiago Pitta e Cunha (CEO)
Emanuel Gonçalves
João Falcato Pereira

Tiago Pitta e Cunha (CEO)

Tem dedicado os últimos 19 anos de trabalho à área das políticas oceânicas enquanto legislador nas Nações Unidas, no Governo de Portugal e na Comissão Europeia, trabalhando igualmente como consultor independente. Defensor da importância estratégica dos assuntos marítimos tanto para Portugal como para a Europa, em Lisboa e em Bruxelas, é diretor executivo da Fundação Oceano Azul e membro do Conselho Geral da Universidade de Lisboa, tendo sido conselheiro do Presidente da República para assuntos de Ambiente, Ciência e Mar.

Emanuel Gonçalves

Professor associado no ISPA – Instituto Universitário e vice-presidente do MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente. Tem estado envolvido na criação, monitorização e implementação de Zonas Marinhas Protegidas em diversas regiões, incluindo negociações sobre o alto mar. Foi chefe-adjunto do grupo de trabalho português para Assuntos Marítimos, que elaborou a Estratégia Nacional para o Mar, e coordenador do grupo da União Europeia que liderou as negociações de aprovação dos Critérios Científicos CBD para identificar áreas marinhas ecológica ou biologicamente significativas (EBSAs). Emanuel Gonçalves é ainda membro do Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável.

João Falcato Pereira

Diretor do Oceanário de Lisboa, S.A. desde 2006, tem uma licenciatura em Ciências do Meio Aquático pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar e uma pós-graduação em Gestão Avançada pela Universidade Católica Portuguesa. Foi gestor da Telecabine de Lisboa, Lda. (2007-2012), administrador da Fundação do Gil (2012-2015) e membro do Conselho Diretivo do Fórum Empresarial da Economia do Mar (2010-2016). É também membro do Conselho Diretivo da Associação Portuguesa de Zoos e Aquários e administrador da SIEOCEAN. Desde 2013 é membro do Comité Executivo da EAZA (Associação Europeia de Zoos e Aquários), e desde 2014 Presidente da EUAC (União Europeia de Conservadores de Aquários).

Conservação

Veja aqui as iniciativas de apoio aos processos científicos para manter as Áreas Marinhas Protegidas e recuperar ecossistemas degradados.