O Fundador

O século XXI será o século dos oceanos.

O fundador da Fundação Oceano Azul, José Soares dos Santos, dá-lhe as boas vindas ao site da Fundação.

DrJoseSoaresdosSantos

«Sabemos que é através do esforço conjunto, de pessoas e instituições de todo o mundo, com as quais partilhamos a nossa visão, que podemos contribuir para que os governos e a sociedade civil concretizem e aumentem a sua ambição no que respeita à sustentabilidade ambiental.»

Carta do Fundador

As alterações climáticas, o aquecimento global, a sobre-exploração dos recursos, a acidificação, a desoxigenação, entre outros tantos fenómenos a que assistimos nas últimas décadas, estão a ameaçar o oceano e a manutenção da nossa vida na terra.

É tempo de reconhecer o oceano como um ecossistema vivo a que todos pertencemos e de que dependemos.

A Fundação Oceano Azul foi constituída como forma de concretizar e materializar uma ação efetiva na defesa da sustentabilidade ambiental, tendo como principal objetivo a preservação do oceano.

“Do ponto de vista do oceano”, iniciámos um caminho sustentado em ações concretas para a sua conservação, baseado no conhecimento científico, promovendo a educação das novas gerações, a valorização do capital natural e construindo uma importante rede de parceiros à escala global e nas mais diversas áreas de atuação.

Sabemos que é através do esforço conjunto, de pessoas e instituições de todo o mundo, com as quais partilhamos a nossa visão, que podemos contribuir para que os governos e a sociedade civil concretizem e aumentem a sua ambição no que respeita à sustentabilidade ambiental.

E se é verdade que o tema do oceano está cada vez mais presente na agenda internacional, as ações que são necessárias tomar continuam a tardar.

Falamos na criação de mais áreas marinhas protegidas, na recuperação de espécies em vias de extinção, na busca de soluções para a poluição por resíduos plásticos, no combate aos métodos de pesca destrutiva e às indústrias extrativas, e noutras muitas urgências com que o oceano se depara.

Cada ação conta, mesmo que pequena, e acreditamos que é possível a preservação da natureza e um desenvolvimento harmonioso e consciente.

Por isso, na Fundação Oceano Azul, procuramos mobilizar pela concretização de ações, agimos para materializar as palavras em resultados efetivos e convocamos todos para a incontornável mudança que é necessário promover.

Temos consciência do muito que há a fazer para proteger o oceano e a vida.

O tempo urge, mas, com o contributo de todos, vamos conseguir.

Só assim faz sentido construir o futuro.

Acompanhe-nos nesta missão!

O século XXI será o século dos oceanos.

José Soares dos Santos

Sociedade Francisco Manuel dos Santos

A Sociedade Francisco Manuel dos Santos

A Sociedade Francisco Manuel dos Santos (SFMS) foi constituída a 2 de agosto de 1941 por Francisco Manuel dos Santos e os seus filhos, com o objetivo de reunir numa entidade as participações que tinha à data, entre as quais na Jerónimo Martins, empresa de que era sócio desde 1921.
Hoje, a SFMS é uma holding familiar de presença internacional, com investimentos em várias áreas, como distribuição, indústria, agroalimentar, retalho especializado, cuidados de saúde, cidadania e ambiente. Com o apoio dos seus atuais acionistas, herdeiros do fundador, o papel da SFMS é assegurar a continuidade do Grupo com uma visão de futuro.
Com provas dadas ao longo de mais de quatro gerações, a Sociedade Francisco Manuel dos Santos é um Grupo que emprega mais de 90 mil pessoas, fatura cerca de 15 mil milhões de euros e serve diretamente através das suas marcas, mais de 300 milhões de pessoas, em vários países.